Revolução dos Bichos

Padrão

A obra A Revolução dos Bichos, escrita por George Orwell na primeira metade do século XX, continua atual. Ela reflete os problemas enfrentados pelas nações que seguiram (e ainda seguem) o totalitarismo socialista, como os exemplos da Rússia (ex-União Soviética) e Cuba. No início considerado como a solução para a desigualdade entre a burguesia e o proletariado, o socialismo foi mal interpretado pelos seus seguidores. A revolução pregada pelos partidos socialistas beneficiou apenas os seus dirigentes. A população sofreu com a intolerância, a pobreza e com o sucateamento do Estado.O maior exemplo do erro socialista pode ser visto em Cuba. Lá, o ditador Fidel Castro cala todos os seus opositores, dominando todos os meios de comunicação e proibindo qualquer manifestação contrária ao regime. Não é raro casos de tortura de dissidentes políticos. É visível a pobreza da população e a falta de recursos da ilha.Como aconteceu com os bichos, os líderes socialistas enganaram o povo. O proletariado continuou sendo explorado e os dirigentes tornaram-se novos burgueses, piores até que os capitalistas.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s