O bilhete

Padrão
O pai entra no quarto do filho. Na cama, um bilhete escrito em uma folha cor-de-rosa. Transtornado, ele começa a ler, já prevendo o conteúdo do papel:
“Caro Papai,
É com grande pesar que lhe informo que estou fugindo com o meu novo NAMORADO, Juan, um argentino loiro, de olhos azuis… Um tremendo gatão! Estou louco de tesão por ele. Ah, aqueles piercings, aquelas tatuagens!!! Sem contar que ele tem uma super moto BMW!!!
Mas não é só por isso que estou indo viver com ele. Há tempos que descobri que não gosto de mulher, nem se ela usar um pinto de borracha!!!! Como sei que esta notícia será demais para o seu coração, decidimos fugir e ser muito felizes no trailer dele, lá no Uruguai, perto do Rio Prata. Ele quer adotar muitos filhos. Isso é tudo que eu sempre quis na vida.
Sem contar as lições que aprendi com ele. Descobri que a MACONHA é uma delícia, não faz mal e é uma coisa natural (melhor que estes charutos fedorentos que o senhor fuma). O Juan me prometeu que nunca irá faltar marijuana em casa. Ele ainda me disse que nós, os nossos filhos e os nossos amigos homossexuais sempre viverão em extrema harmonia.
Não se preocupe pai. Eu sei me cuidar. Apesar de ter apenas 16 anos, já tive muitas experiências homossexuais. Pode deixar que um dia eu volto e levo os meus filhotes para o senhor conhecer.
Beijos, do seu filhão.”
O pai, quase desmaiando, percebe que ainda mais alguma coisa escrita. Pasmo, ele engole a saliva e resolve ler:
“PS: Relaxa pai. Estou na casa da vizinha (aquela gostosa que o senhor vive batendo punheta todos os dias no banheiro). Na verdade, eu não sou homossexual (e caso o senhor tenha ficado chocado com a carta, lembre-se que vivemos em outros tempos. Veja o exemplo de minha irmã, que é bissexual. Aliás, ela tá na casa daquela amiga dela, que o senhor sempre achou meio estranha). Só escrevi isso tudo para mostrar para o senhor que na vida há coisas bem piores do que o meu boletim, que está na gaveta. Ah… Só para o senhor tomar ciência: repiti de ano de novo!!!! Abraços do seu filho burro, mas viril.”
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s