Enquanto isso, na terra em que o povo usa pouca roupa…

Padrão
A moça da minissaia
Geisy Arruda, a estudante que causou alvoroço em uma Universidade da região do ABC, foi expulsa pelos jornais. Mesmo sem querer (ou querendo), ela ganhou destaque pelo mundo via web e agora pelos jornais. Imagem: Folha Imagem.

A briga ganha contornos rocambolescos. A UNIBAN Brasil resolveu anunciar ontem (8/11), em anúncios nos jornais, a decisão de expulsar a aluna Geisy Arruda, 20, aluna de turismo do campus São Bernardo do Campo. Para quem não se lembra, trata-se da moça que foi hostilizada no referido campus no dia 22 de outubro por ir à aula vestida com um minissaia curtíssima, que deixou à mostra um pouco dos seus dotes físicos (quem ainda não viu o vídeo, clique aqui).

A notícia ganhou o mundo.  O governo federal também se pronunciou. O Ministério da Educação aguardará as explicações da universidade sobre o episódio e pode até recomendar a anulação da expulsão. Já a ministra Nicéa Freire, da Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres, considera o ato uma “absoluta intolerância e discriminação”. “Isso é um absurdo. A estudante passou de vítima a ré. Se a universidade acha que deve estabelecer padrões de vestimenta adequados, deve avisar a seus alunos claramente quais são esses padrões.” A ministra disse também que irá cobrar da universidade explicações para o ato.

A União Nacional dos Estudantes (UNE), juntamente com movimentos sociais e sindicais, programa para a o final da tarde de hoje (9) um manifesto de repúdio à expulsão da estudante Geisy em frente ao campus da Uniban onde ela estudava.

Para aqueles que dizem que a estudante queria chamar a atenção, o fato é que a exposição do caso a tornou conhecida mundo afora. Com certeza muitas universidades deverão rever seus códigos de ética e conduta, evitando assim que casos como esse não aconteçam mais. Estranho é que a universidade deveria ser um espaço para a tolerância e para o desenvolvimento do livre-arbítrio. Entretanto, o que se vê  não é bem isso.  

 Agora, o que mais me chamou a atenção foi o seguinte:  expulsar um aluno pela imprensa foi a primeira vez que eu vi.

Veja o comunicado da Uniban:

Uniban expulsa a "aluna da minissaia" pelos jornais

Texto veículado nos jornais de ontem (08/11). Imagem: Reprodução.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s