Men in black, azul y oro!

Padrão

Bonilla e Luiz Alberto. A esperança dos xeneizes para o superclássico. Imagem: Diário Olé

Pela primeira vez (acredito) na história do futebol argentino, o Boca Juniors (tradissionalíssimo) irá utilizar uma dupla de zaga formada por jogadores negros.

Nenhuma novidade para nós, brasileiros,  que temos muitos jogadores afrodescendentes. Aliás, o Brasil é berço do Rei do Futebol, negro de Três Corações, simplesmente PELÉ!! Mas na Argentina… É raro!

Com desfalques para compor a zaga, entre eles “El Negro” Ibarra, Abel Alves promoverá a estreia oficial do colombiano Breyner Bonilla, 23 anos. Detalhe: a única partida em que o jogador disputou pelo Boca foi contra o River, em um torneio de verão no início do ano.

Já o seu companheiro, Luiz Alberto, é rodado. Revelado pelo Flamengo, já jogou na França (Saint-Ettiene) e Espanha (Real Sociedad), além de Internacional, Atlético-MG, Santos e Fluminense. Chegou ao clube em fevereiro deste ano e está jogando como titular. É considerado um dos principais pontos negativos da equipe, que amarga as últimas colocações do Clausura 2010. Mas ele não se abala.

Outros negros brasileiros que jogaram no Boca: Domingos da Guia (década de 30) e Baiano.

Adeus, Roman!(?): Riquelme já fala como ex-jogador do Boca. O meia, um dos ídolos da torcida xeneize, dificilmente renovará o contrato com o time azul e ouro. Será?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s