A Copa que todos os brasileiros certamente esquecerão…

Padrão

Robinho, um dos poucos craques que restam no futebol brasileiro. Imagem: Getty Imagens

2010. África do Sul. O principal torneio mundial de seleções está ocorrendo no continente negro. E a maior seleção do mundo está patinando. O estilo “ditador” de Dunga está matando o futebol brasileiro. Infelizmente.

No mundo onde as palavras-chaves são eficiência, resultado e lucro, o futebol alegre, arte, que tanto encantou gerações e gerações de brasileiros está sendo sepultado. Desde a última seleção que encantou e emocionou a torcida brasileira graças à sua técnica e ao talento de seus jogadores (1982 – Espanha), nunca mais o futebol foi o mesmo.

Hoje, na Copa 2010, somos obrigados a ver retrancas, goleadas de 1 a 0, escassez de gols. Enquanto isso, o futebol brasileiro, antes tão vistoso, vai dando lugar a uma tecnocracia, a um mantra repetido por mil vozes: futebol não é talento, é raça!!! É resultado!!! É coerente!!!

O Brasil está se tornando um lugar onde a figura do técnico de futebol é mais importante que os seus jogadores. Aonde é melhor ter um time que ganhe títulos seguidos, com um futebol sub-nutrido, do que ter equipes que aliem a técnica à arte e a eficiência.

Obs: E os nossos hermanos, até agora, são os únicos que apresentaram um futebol, em partes, convincente.

Que dureza!!!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s